Como chegar a Pequim

Como chegar a Pequim

As formas mais comuns de chegar a Pequim são o avião e, caso esteja fazendo uma viagem pela China, de trem.

Chegar a Pequim de avião saindo de outros países

Pequim e Shanghai são as duas portas principais de entrada à China. O melhor e a forma mais comum é entrar no país por uma cidade e sair por outra, embora tampouco seja raro entrar e sair pela mesma.

O preço mínimo de uma passagem de ida e volta saindo do Brasil é de cerca de US$ 1.500. Para encontrar ofertas, o melhor é reservar com antecedência e conferir o nosso buscador de voos baratos.

Não há voos diretos do Brasil para Pequim, sendo o mais comum viajar até algum país da Europa ou Oriente Médio e depois pegar um voo até a capital chinesa. Se você tiver a possibilidade de escolher a companhia aérea, nossas duas preferidas são a Emirates Airlines e Qatar Airways, já que seu serviço é excelente. A Turkish Airlines e a Lufthansa são duas companhias aéreas europeias que também recomendamos.

De Portugal, há voos diretos a Pequim saindo de Lisboa, operados pela TAP e pela Capital Airlines.

Se você quer mais informações sobre o Aeroporto de Pequim e como ir do aeroporto ao centro da cidade, confira a seção abaixo:

Ir a Pequim de avião saindo de outras cidades chinesas

Se você está fazendo um circuito pela China e não quer perder tempo viajando de trem, o preço dos voos não costuma ser muito mais alto e às vezes você encontra ofertas com preços inclusive mais baixos:

Para reservar os voos internos na China, recomendamos dois sites locais:

O tempo de voo entre os destinos principais varia entre 2 e 3 horas.

Chegar a Pequim de trem

O trem é uma boa alternativa para se deslocar na China. Os inconvenientes principais são o tempo de trajeto (12 horas entre Pequim e Xian), o conforto (se você não reservar com antecedência, não poderá viajar em beliche macio e isso pode fazer do trajeto um inferno) e ter que dividir o compartimento.

Para reservar as passagens de trem, o melhor é ir diretamente às estações com antecedência, especialmente se você quiser viajar em beliche macio nos trens noturnos. Recomendamos reservar com o maior tempo possível, os chineses são numerosos e viajam muito. Nas estações principais costuma ter um mostrador com um operário que fala inglês corretamente.

Nas estações menores, você vai precisar levar o nome do destino e a data da viagem escrita em chinês, senão é muito provável que você não consiga comprar nada.

No dia 30 de junho de 2011, foi inaugurada a linha de alta velocidade Pequim – Shangai, com trens que levam entre 4 e 6 horas para fazer o trajeto de 1.318 quilômetros.