Templo dos Lamas

O Templo dos Lamas ou Yonghegong é o templo budista tibetano mais importante que existe fora do Tibet, além de ser um dos centros religiosos mais populares de Pequim.

Construído durante o século XVII como palácio para o príncipe Yongzhen, em 1744 se tornou um importante mosteiro para monges lamas. Atualmente o mosteiro é o refúgio espiritual para um grupo de monges mongóis dedicados ao estúdio da astronomia e da medicina.

O que ver no templo

O Templo dos Lamas é um belo complexo formado por várias construções tradicionais com telhados dourados. Nos pátios que estão entre os edifícios podemos ver enormes queimadores de incenso onde os fiéis colocam centenas de incensos que produzem um cheiro penetrante.

Uma das maiores construções, o Falun Dian, abriga uma estátua de bronze de seis metros de Tsongkapa, fundador da Seita dos “Chapéus Amarelos”.

A maior das edificações centrais, o Pavilhão Wanfu Ge, abriga a mais valiosa das posses do templo, uma impressionante estátua de Maitreya, o Buda futuro. A escultura de 18 metros de altura foi talhada a partir de uma única peça de madeira de sândalo.

Não perca

Como um dos lugares de culto religioso mais importantes de Pequim, o Templo dos Lamas merece uma visita. A visão das impressionantes esculturas de Buda enquanto a fumaça e o cheiro do incenso envolvem os pavilhões dourados oferece a possibilidade de ver de perto a fervorosa fé religiosa dos cidadãos chineses.

Horário

Todos os dias, das 9:00 às 16:00 horas.

Preço

Adultos: 25 iuanes.

Transporte

Metrô: YongheGong, linhas 2 e 5.

Lugares próximos

Torres do Tambor e do Sino (2 km)
Lago Houhai (2.6 km)
Parque Jingshan (3.1 km)
Parque Beihai (3.5 km)
Cidade Proibida (3.9 km)